A avenca é uma de minhas plantas favoritas; a exuberância de sua folhagem é uma coisa linda de ver e elas se dão super bem dentro de casa. O problema é que essa é uma plantinha muito delicada e qualquer descuido, ela passa dessa para melhor.

avenca

Já tive duas aqui no meu apê que não vingaram e a atual está um pouco mais pra lá do que pra cá, mas fazendo algumas pesquisas para escrever esse texto, consegui identificar possíveis problemas, então espero que ela consiga voltar à beleza original.

Na natureza, a avenca se desenvolve em locais bem úmidos e quentes, geralmente à beira de rios, brotando entre pedras ou debaixo de plantas maiores, que a protegem contra os raios solares diretos. E para sua plantinha ficar sempre linda e viçosa, você precisa tentar reproduzir esse habitat aí na sua casa.

avencaImagem: Plantas-Interior

Por isso, é interessante que ela fique num local que receba muita luz indireta, ou seja, uma área que seja bem iluminada mas onde não bata sol. Ela também precisa de muita umidade no ar – e acho que esse foi o problema com a minha. Não chove aqui em São Paulo há quase um mês e eu só colocava água na minha avenca direto na terra. O ideal é borrifar água nas folhas também quando o clima estiver muito seco, mas faça isso a uma certa distância das folhas, só para criar uma nuvem de água capaz de deixar aquele cantinho um pouco mais umedecido e saudável para a planta. Outra dica para deixar o cantinho da avenca mais úmido é colocar um prato debaixo do vaso com seixos ou cascalho molhados.

As folhas da avenca são muito sensíveis e por isso não suportam vento. Se sua avenca estiver num lugar onde há correntes constantes de ar, estude um outro local para ela. Elas estranham mudar de lugar (como a Mãe Natureza é incrível, não?), mas se essa mudança for para o bem dela, tenha paciência que ela volta a ficar bonita de novo.

avencaImagem: PlantaSonya

É bom que você sempre retire as folhas mais velhas e feinhas – a primavera é a melhor época do ano para fazer isso; assim, vai haver mais espaço para novas folhas nascerem. Essa, aliás, é uma das coisas mais lindas da avenca: os brotinhos nascem redondinhos e vão se desenrolando aos poucos, até abrirem por completo e virarem um galhinho novo.

avencaImagem: Plantas em Português (via youtube)

A avenca, assim como as samambaias, se reproduz por meio de esporos; atrás de folhas maduras, você vai ver que existem bolinhas escuras. Essas bolinhas são cápsulas que guardam os esporos da planta. Quando a folha se desenvolve por completo, essas bolinhas se rompem e espalham os esporos no solo, que vão germinar e gerar novas plantas. Por isso que ela se propaga tão facilmente na natureza.

avenca

COMO USAR AVENCA NA DECORAÇÃO

avencaImagem: Histórias de Casa

Dando a ela os cuidados de que precisa, com certeza a avenca vai sempre ser uma plantinha bem linda que pode trazer muita vida à sua decoração. Como é uma planta ornamental, capriche na escolha do vaso; use modelos mais delicados, que vão ressaltar ainda mais sua beleza.

avencaImagens: 123

Espécies mais volumosas podem ser cultivadas em bowls, aqueles vasos tipo tigela. Fica muito legal para usar em mesa de centro, já que os bowls são elementos de baixa estatura e, dessa forma, o arranjo não vai criar uma barreira visual entre pessoas sentadas.

avencaImagem: A Beautiful Mess

Dá pra explorar ainda o uso das folhagens soltas em arranjos, criando composições com outras plantas e flores. Uma boa ideia para criar centros de mesa mais sofisticados, que podem decorar um almoço ou jantar de família ou até eventos maiores.

avencaImagem: Velvet and Twine

E já que a avenca gosta de um calorzinho e de umidade, também pode ser uma boa ideia usá-la em terrários! A gente vê mais terrários de cactos e suculentas, mas na verdade, sabendo cuidar direitinho, elas podem durar por muito tempo dentro do vidro. Só atente para que o recipiente não fique muito perto do sol, porque com o calor excessivo, ele pode virar uma estufa e a avenca vai morrer.

avencaImagens: 1 e 32

Agora me conte se você tem ou já teve avenca na sua casa e quais os cuidados que você tem com ela.

Compartilhe: