O Depot4, para quem não conhece, é uma hamburgueria aqui de São Paulo que vende lanches a preços bem camaradas. Uma das unidades fica no Tatuapé, bairro onde moro; mas além do cardápio excepcional, uma das coisas que mais me chamou a atenção desde a primeira vez que fui lá foi a decoração do local.

depot4 hamburgueria

O projeto é do escritório Fish Arquitetura e eles exploraram muito a questão do reaproveitamento de materiais, o que torna todo o trabalho bem mais em conta. Por esse motivo, a hamburgueria tá cheia de ideias que podemos usar em casa, adaptando à nossa realidade.

Logo que você entra, dá de cara com uma estante feita de engradados plásticos, nas cores vermelho e preto, e alguns pallets suspensos também chamam a atenção, de onde pendem luminárias e plantas. Repare como entra luz natural no interior do prédio; como a edificação ocupa todo o lote, é impossível fazer aberturas nas laterais, então esses janelões de vidro na fachada foram uma ótima solução.

depot4 hamburgueria

Na estante de engradados, existem vários objetos que fazem parte da história do Depot4, inclusive com materiais que foram usados durante a obra. Isso combina demais com a proposta descolada e irreverente da decoração. Os caixotes foram presos na parede, então não há risco de caírem e eles foram distribuídos de forma bem assimétrica, dando um efeito muito legal de dinamismo.

depot4 hamburgueria

O estilo de decoração é industrial, mas com uma pegada pop que traz muita irreverência ao contexto. É justamente o contrário da frieza que o estilo industrial mais convencional pode passar, até porque a intenção é que você se sinta bem acolhido lá dentro.

Aliás, são muitos detalhes surpreendentes para explorar no Depot4. Ao longo de uma das paredes, existe um painel de contêiner com várias ilustrações tipo lambe-lambe, cada um com uma mensagem diferente. Cada mesa tem uma composição assimétrica de cadeiras, o que reforça a pluralidade da ambientação. Até os cestos de coleta seletiva conversam com a decoração!

depot4 hamburgueria

Acima do painel de contêiner, uma brincadeira: tubos aparentes formam o nome da hamburgueria, que é destacado por uma iluminação pontual feita por trilho de spots.

depot4 hamburgueria

Algumas mesas do salão foram feitas no melhor estilo DIY, com utilização de canos e até de uma roda! Nessas mesas, os tampos foram revestidos com ladrilhos hidráulicos da coleção São João, assinada por Marcelo Rosenbaum, que trouxeram um colorido muito bonito. Se você me segue pelo Instagram, provavelmente já viu essas belezinhas por lá algumas vezes.

depot4 hamburgueria depot4 hamburgueria

Do lado oposto à parede de contêiner, tem um grafiti maravilhoso do artista Cris Rodrigues, que celebra a arte urbana e traz mais contemporaneidade à decoração da hamburgueria.

depot4 hamburgueria

Percebeu um pneu pendurado na foto anterior? Aquilo é uma das luminárias incríveis que fazem parte da ambientação do Depot4. Além do pneu, também há outra feita com um tambor metálico, num tom de azul maravilhoso, e várias luminárias expostas, penduradas por fios pretos, bem características do estilo industrial.

depot4 hamburgueria

Mais uma ideia super bacana e possível de fazer em casa: lambris com madeira de demolição. Aqui, as tábuas foram colocadas em tamanhos bem variados, reforçando a assimetria na decoração. Não sei se essa foi a intenção, mas pra mim, é impossível não associar isso a um skyline, o que tornaria o grafiti ainda mais simbólico, porque gera um contraste de posições sociais que só a arte e um projeto super bem pensado como esse poderiam abordar.

depot4 hamburgueria

Sempre que vou lá, descubro um detalhe que ainda não havia visto antes, e isso que é legal num projeto de decoração. Quando o ambiente é monótono, ele se torna comum e o comum logo cai no esquecimento.

Quero deixar aqui meus agradecimentos ao pessoal do Fish Arquitetura, em especial à Letícia, que cedeu as fotos para ilustrar esse post. E quem estiver aqui pelo Tatuapé e quiser conhecer o Depot4, ele fica bem no comecinho da Rua Itapura, nº 1597.

Uma dica: siga o Instagram deles porque eles fazem umas promoções bem malucas de vez em quando – foi assim, inclusive, que eu conheci a hamburgueria e fui lá comer um baita lanche por apenas 10 reais!

Nota: esse post não é um publieditorial.

 

Compartilhe: