You are currently viewing Dicas para montar sua sala de jantar

Dicas para montar sua sala de jantar

sala de jantar cabeçalho

Está pensando em montar sua sala de jantar? Ou acha que a sua já não tem mais jeito? Às vezes, uma simples mudança aparentemente insignificante pode transformar um cômodo de caso perdido para o xodó da casa.

É fato que decorar não tem regra. Mas algumas dicas podem melhorar a composição física dos ambientes, tornando-os mais agradáveis e funcionais. Por isso, já separe papel e caneta aí e anote minhas sugestões para que você consiga mobiliar sua sala de jantar direitinho.

1. Meça toda a sala

Não basta pegar só o comprimento e a largura. Meça tudinho: pé-direito (que é a altura do piso até o teto), distância entre pilares, se tiver, ou de algum dentinho pra fora na parede, distância dos interruptores, posição de tomadas, altura e profundidade dos rodapés, se tiver. Enfim, o que você achar que não precisa medir, meça. É melhor ter medidas a mais que a menos. Isso garante que você consiga comprar móveis do tamanho certo.

dicas sala de jantar medição

Imagem: via

2. Dimensione os móveis

Com base nas medidas que você tirar da sala, estabeleça um tamanho máximo para seus móveis. Por exemplo: será que na minha sala vai caber uma mesa retangular de 6 lugares ou cabe uma redonda de 8? Será que tenho espaço suficiente pra um buffet de 1,60 m ou pra um de 2,40 m?

dicas sala de jantar 08

Imagem: via

Se você tiver em mente de qual tamanho o ambiente comporta um determinado móvel, ficará mais fácil escolher corretamente o que comprar, sem passar pela dor de cabeça de adquirir um móvel que vai atravancar a circulação pela sala – ou pior ainda, que nem caiba montado nela.

3. Tapete: usar ou não?

O uso do tapete na sala de jantar é um pouco polêmico. Eu, particularmente, não gosto por dois motivos; o primeiro deles é higiênico.

Se você tem o costume de usar frequentemente a sala de jantar para fazer refeições, imagina a chatice de ter que ficar recolhendo migalhas que caírem no chão. Sim, porque se você não fizer isso, o tapete, que normalmente já é um criadouro de ácaros, com restinhos de comida espalhados vai virar hotel cinco estrelas pra fungos e até baratas.

dicas sala de jantar 02

Imagem: via

O segundo é prático: mesmo deixando uma certa distância depois do pé da cadeira, sempre tem aquele que levanta da mesa como se não houvesse amanhã e a cadeira acaba enganchando na borda do tapete. Com o passar do tempo, e é claro, dependendo da qualidade dele, o tapete acaba desenformando e fica com as bordas levemente arrebitadas. Isso sem falar no risco de tropeçar nele; já pensou você trazendo aquele tacho pesado de moqueca no almoço de domingo e se enrosca na ponta do tapete?

dicas sala de jantar 03 04

Imagens: 12

Mas se sua sala de jantar é como a minha, puramente estética (só uso a daqui quando recebo visitas mesmo) e você quer um tapete nela, escolha um que seja cerca de 70 cm maior que o limite das cadeiras embaixo da mesa. Soou complicado, mas olha o esqueminha que a tia Manu preparou pra clarear azideia:

dicas sala de jantar tapete

E prefira modelos que não sejam shaggy (aqueles felpudos), que são mais fáceis de limpar.

4. Atente para a iluminação

Aqui não tem muito mistério: o móvel mais importante de uma sala de jantar é a mesa; portanto, procure focar a iluminação principal nela. Usar pendentes sobre a mesa é uma boa opção, lembrando apenas de deixar 70 centímetros entre o final da cúpula e a superfície da mesa.

dicas sala de jantar pendentes

Imagem: via

5. Aposte em cadeiras diferentes

Se você gostar, essa é uma tendência que está sendo bastante usada, que lhe dá a liberdade de misturar modelos e cores diferentes para criar uma composição bem legal.

dicas sala de jantar 05 06

Imagens: 12

Também pode ser uma forma de driblar gastos excessivos, porque o preço das cadeiras costuma variar bastante conforme o modelo. Aí você compra um determinado tipo aqui, outro mais baratinho ali e assim vai compondo sua mesa de jantar de uma maneira bem moderninha e personalizada.

Se você tiver dúvidas na hora de mobiliar ou acha que não tem criatividade suficiente, fale com um arquiteto ou designer de interiores, não tem ninguém melhor para lhe ajudar. E nem precisa contratar um projeto; só uma consultoria já pode facilitar sua vida.


Tem mais Simplichique aqui:

Este post tem 6 comentários

  1. Flávia

    Massa Manú! Montar uma sala de jantar não é tarefa fácil e a dica de medir todos os cantinhos é valiosa. Pensava que só eu não era muito “chegada” na ideia de usar tapete na sala de jantar. Eu uso a minha sala todo dia e não consigo imaginar como seria aspirar o tapete todo dia. Um beijo e até breve 🙂

    1. Pois é, Flávia! Nunca fui muito de tapete na sala de jantar… de excesso de trabalho doméstico, eu tô é fugindo! hahahah
      Um beijão pra vc!

  2. Oi Manu!!!
    Dicas bem valiosas para decorar qualquer ambiente! A mais importante que eu achei foi a de medir o espaço, isso faz total diferença pra gente começar a idealizar a nossa decoração! Achei legal você nos ter lembrado que é necessário medir cada cantinho! Rs.

    Adorei o post! Beijos, Thamyrez

    1. Essa dica de medir tudo é baseada em experiência, sabia? Canso de ver gente tendo que devolver móvel para a loja pq comprou sem saber se ia caber ou não; é um erro mais comum do que a gente imagina.
      Obrigada pelo carinho de sempre! 🙂
      Bjão!

  3. Seus post sempre são tão bem feitos <3

    Adorei este, afinal, agora que vendemos a nossa mesa e estamos atrás de outra valeu muito as dicas! Eu também não curto tapete, me dá sensação de que vai trancar a cadeira, sei lá. E adoro a ideia do pendente, falando nisso, adorei este pendente amarelo que aparece nas duas imagens <3

    bjo!

    http://www.vidaloucadecasada.com.br

    1. Poxa, fiquei feliz com o que vc comentou, Rê, obrigada de coração!
      Eu já vi desses pendentes vendendo na Leroy Merlin, se tiver aí na sua cidade, dá um pulo lá pra dar uma olhadinha.
      Bjokas!

Deixe um comentário