Um mero quadro vai ser parte da minha motivação para 2018. O Tim Maia que me perdoe, mas eu quero dinheiro sim! Por isso, minha resolução de ano novo é SUCESSO e PROSPERIDADE.

Aproveitando essa época tão esperançosa de virada de ano, nós do DIY Coletivo resolvemos nos inspirar naquilo que a gente deseja para o ano de 2018 e transformar isso numa ideia concreta e que, de quebra, ainda vai decorar nossas casas. Como estou buscando sucesso financeiro, decidi reaproveitar uma tampa de MDF que eu tinha guardada e fazer um quadro porta-moedas com ela.

quadro barato diy

Mas antes de mostrar passo a passo como eu fiz, quero contar uma novidade!

Quem nos acompanha há um tempo, sabe que o DIY Coletivo é uma equipe de blogueiras que todo mês, estipula um tema para criar um objeto decorativo baseado nele. A grande novidade é que temos uma nova integrante na nossa equipe: a Juliana, do blog Casa de Amados, que fazia parte da equipe original, lá de 2013, e agora, assume de volta sua cadeira cativa. Seja bem vinda de volta à equipe, Ju!

Quer ver quem são as outras participantes da equipe? Clique aqui.

TUTORIAL DO QUADRO PORTA-MOEDAS

Agora, voltando ao meu quadro, preparei um tutorial bem fácil de entender, para você poder montar um igual aí na sua casa também. No meu caso, usei uma tampa de MDF – na verdade, era a base do terrário que ganhei de presente; guardei já pensando na possibilidade de usar isso em algum DIY.

Se você não tiver uma base como essa, pode fazer uma caixa com papel paraná sem problemas. O papel paraná é bem resistente e fica super rígido quando colado. Eu fazia minhas maquetes físicas na faculdade com ele e elas nunca quebraram. Nesse caso, eu só sugiro que você use cola de isopor, ela fixa melhor o papel.

Vamos aos materiais que usei no meu quadro:

quadro barato diy

A primeira coisa que fiz foi pintar a base de MDF com tinta para artesanato. Para isso, usei rolinho de espuma e dei duas demãos.

Enquanto a tinta secava, criei um desenho bem bonitinho para estampar o fundo do meu quadro porta-moedas. Fiz no computador uma arte e imprimi no tamanho da base de MDF. Recortei esse desenho quadrado e colei num pedaço de papel paraná com fita dupla face. Como minha impressora é a tinta, fiquei com medo de usar cola e manchar.

quadro barato diy

Com o fundo pronto e a base já com a pintura seca, parti para a divisória transparente; ela vai servir como uma barreira para segurar as moedinhas dentro do quadro. Se você tiver um vidro de porta-retratos sobrando, é o ideal. Eu não tinha, então tive que botar a caixola para funcionar e resolvi testar com plástico.

Recortei um pedaço de uma dessas pastas em L que a gente usa pra guardar papel e fixei por dentro da tampa, também com a fita dupla face. Esse plástico reage com várias colas, então nem adianta usar cola líquida que ou não vai dar certo ou ele não vai colar. A fita dupla face funcionou extremamente bem.

quadro barato diy

Veja que eu só preenchi metade do MDF com esse plástico. Isso é proposital, já que o quadro é uma caixa fechada por todos os lados, então eu teria que ter alguma abertura para colocar (e depois retirar) minhas moedas.

quadro barato diy

Aí, foi só colar o papel paraná com meu desenho nas bordas da tampa. Usei uma cola universal que ganhei da Loctite que é maravilhosa, ela cola tudo em até 60 segundos e a textura dela é muito boa de trabalhar porque não escorre. Não precisei fazer força nem ficar segurando por muito tempo e já estava tudo bem preso.

quadro barato diy

Eis meu quadro porta-moedas pronto:

quadro barato diy

Ele é bem versátil porque dá pra usar tanto preso na parede quanto em cima de algum móvel, que é como estou usando aqui no meu ateliê. Agora, fico trabalhando e olhando pra ele, sempre me lembrando de que para alcançar meu objetivo de ter sucesso, eu é que preciso correr atrás dele.

quadro barato diy

Quando quiser tirar as moedinhas dali de dentro, é só virar o quadro de cabeça para baixo e pegá-las, mas acho que tão cedo não pretendo fazer isso – vou esperar juntar uma bela quantia para investir depois em alguma coisa. De grão e grão, né…

quadro barato diy

Hora de espiar o que as outras meninas da equipe (que agora está maior) fizeram em suas casas, baseadas naquilo que elas mais querem para o ano de 2018! Esse mês, excepcionalmente, a Ana do Não Sou Cute não vai conseguir participar conosco, então teremos além do meu projeto, o da Inara, o da Naya e o da estreante Ju. Basta clicar nas imagens para conferir o passo a passo de cada uma delas.

diy coletivo
diy coletivo
diy coletivo

Como será o seu 2018? Que palavra vai reger sua rotina daqui pra frente? Nossa proposta esse mês é que você pense no que mais quer nesse ano e transforme isso num objeto decorativo para sua casa. Não é difícil… se você quer mais saúde, por exemplo, que tal fazer uma farmacinha personalizada?

Independente do que você crie, assim que postar a foto nas suas redes sociais, marque o @diycoletivo (tanto no Insta quanto no Face) pra que a gente possa ver qual é sua resolução de ano novo. Estou curiosa para saber o que vocês tanto desejam. Também não se esqueça de usar a hashtag #diycoletivo para espalhar essa ideia a quem ainda não conhece o desafio. E se inscreva na nossa newsletter para ficar por dentro do que rola na nossa comunidade criativa!

diy coletivo

diy coletivo logo

Este post faz parte do projeto DIY Coletivo da Equipe SOS Decor. Pra ficar por dentro de todas as blogagens, ou participar das próximas edições, basta ficar ligado na fanpage do Facebook e seguir o Instagram.

Compartilhe: