Não tá fácil esse calorão Brasil afora. Apesar disso, muita gente ainda reluta ao querer investir num aparelho de ar condicionado, porque o mito do alto consumo de energia ronda solto por aí. Existem modelos econômicos em termos de consumo – são os tipo Inverter – e você vai aprender muito mais sobre eles nesse post.

ar condicionado inverter

Imagem: Eu na Moda

Mas antes de saber como funciona um aparelho tipo Inverter, é preciso conhecer o funcionamento de um aparelho convencional para, então, entender melhor as diferenças.

Como funciona um aparelho de ar condicionado convencional

Todo ar condicionado funciona assim: ele suga o ar do ambiente, que passa por uma serpentina onde circula um gás (o fluido refrigerante) graças a um compressor. O gás resfria o ar e ele é jogado de volta para o ambiente, mais friozinho. Em resumo, é isso.

ar condicionado inverter

Imagem: Home Decore

Acontece que, nos aparelhos convencionais, o compressor liga e desliga de tempos em tempos, porque o termostato da evaporadora (a parte do ar condicionado que fica dentro de casa) entende que o ar já está frio demais. Ele desliga e passa só a circular o ar; quando ele percebe que o ar já voltou a esquentar, ele liga de novo e recomeça todo o processo.

Esse liga e desliga causa picos de consumo de energia; também causa muita variação na temperatura (de repente, você começa a sentir calor; de uma hora pra outra, volta a sentir frio). Nada disso acontece com um aparelho de ar concionado inverter.

Como funciona um aparelho de ar condicionado inverter

Com a tecnologia inverter, o compressor de um ar condicionado nunca desliga. Ele é capaz de regular a temperatura do ar, fazendo com que ela se mantenha quase constante.

ar condicionado inverter

As consequências disso são:

1) Os aparelhos inverter são muito mais econômicos: em comparação com os modelos tradicionais, eles chegam a economizar até 60% de energia!

2) Não há muita variação de temperatura: isso proporciona muito mais conforto térmico para o ambiente, já que você vai dizer ao aparelho qual temperatura quer e ela vai ficar sempre próxima daquilo;

3) São muito mais silenciosos: como o compressor fica ligado o tempo todo, você não vai pular de susto com o liga e desliga. Isso também proporciona mais conforto, principalmente para dormir;

4) Duram muito mais: o liga e desliga de um compressor diminui bastante a vida útil de um aparelho de ar condicionado; como isso não acontece no inverter, ele vai durar muito mais tempo.

ar condicionado inverter

Imagem: Arquitetar e Decorar

Ontem, vi em primeira mão o lançamento do novo modelo de ar condicionado inverter da LG*, com capacidade de 31.000 BTUs, o maior do mercado. Com toda essa potência, ele é indicado para ambientes grandes, de pé direito muito alto. Portanto, se você tem uma sala grande e quer climatizá-la (ou mora numa kitnet toda integrada), não precisa comprar mais de um aparelho; o de 31 atenderá bem essa demanda.

ar condicionado inverter

Além de todas as vantagens de ser um aparelho inverter, o modelo de 31.000 BTUs da LG ainda tem alguns diferenciais:

1) Possui serpentina de cobre: ideal para quem mora em cidades litorâneas ou com muito problema de umidade;

2) Jato de ar de longo alcance: atinge 20 metros, que permite a rápida climatização de ambientes grandes;

3) É quente/frio: pode ser usado o ano todo, porque a função de aquecer é muito útil em cidades de clima frio (como os invernos rigorosos que têm feito aqui em São Paulo – e que eu não vejo a hora de chegar logo);

4) Garantia de 10 anos no compressor: a maior do mercado.

Para quem interessar, o Split LG Smart Inverter 31.000 BTUs já está disponível em lojas especializadas e, em breve, a previsão é de revenda também em home centers.

*NÃO é publieditorial

Tem mais Simplichique aqui:

Compartilhe: