Especiaria Antiga: a cor do ano 2019 da Eucatex

Especiaria Antiga é a tonalidade eleita como a cor do ano 2019 pela Eucatex. Atendendo a vários pedidos, nesse artigo, vou apresentar para você a Cor do ano 2019 da Eucatex e falar um pouco sobre os grupos de cores que serão tendências, escolhidos pela marca. ESPECIARIA ANTIGA: SAIBA TUDO SOBRE A COR DO ANO Essa tonalidade é bem interessante porque ela consegue ter várias facetas diferenciadas. De acordo com a empresa, Especiaria Antiga nos remete às nossas raízes, reavivando as memórias da época colonial, em que as casas eram pintadas com cal e as madeiras, tingidas por pigmentos naturais, como o urucum, o açafrão, a cochonilha e o anil. Além dessa ligação com a terra, outra característica da cor Especiaria Antiga é que ela consegue ser étnica e ao mesmo tempo elegante. Ou seja, temos uma cor refinada e exótica. E claro, como o próprio nome…

Continuar lendo

Caverna: cor do ano 2019 da Sherwin-Williams

Essa semana, a Sherwin-Williams anunciou oficialmente a Caverna como sua cor do ano de 2019. Um tom terroso, que acolhe e nos remete aos nossos ancestrais, que usavam esses espaços fechados como abrigos - os primórdios de um lugar para chamar de lar. Ao mesmo tempo que nos lembra do passado, ela é capaz de recriá-lo, aprimorando o futuro num contexto de atualidade. A cor Caverna é um tom quente de terracota que, aplicado em design de interiores, traz modernidade e requinte. Sua escolha foi baseada no conceito de liberdade, presente no espírito aventureiro que existe dentro de nós. Gostei muito desse conceito, já que estou vivendo um momento completamente novo de expansão, de alçar voos cada vez mais altos, sem limites. Dicas para combinar a cor Caverna Apesar de ser um tom forte, Caverna é uma cor neutra, terrosa, com muitas possibilidades de combinações. A especialista em…

Continuar lendo

Quentão: a cor do ano 2019 da Suvinil

Ontem, a Suvinil anunciou sua cor do ano 2019: Quentão, um tom dourado que, segundo a empresa, consegue ser nostálgica e moderna ao mesmo tempo. Essa tonalidade já estava presente na paleta de tendências do ano passado que, aliás, não sofreu praticamente nenhuma mudança. O Suvinil Lab, núcleo de pesquisas de tendências da marca, continuou na mesma linha de 2018 e apresentou suas paletas complementares, distribuídas nos já conhecidos três grupos: magnético, ideológico e natural. O curioso é que as paletas são praticamente idênticas às do ano passado, o que me deixou um pouco frustrada. A diferença é que a marca, agora, aposta na experiência de vida que as cores podem nos transmitir através de sensações e memórias. Por isso, a Suvinil incorporou ao estudo pessoas comuns, uma para cada um dos três grupos de tendências, para contarem como as cores influenciam em seus estilos de vida.…

Continuar lendo

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar