Com a jiboia, vamos dando sequência a nossa coluna sobre plantas ótimas para decorar a casa. Essa, aliás, é uma das melhores e você já vai entender o porquê.

Se você adora plantas mas acha que tem o dedo podre pra cultivar, aposte nessa. Sério. Esqueça os cactos e as suculentas. Não existe planta mais fácil de cuidar do que a jiboia. Se tiver espaço, ela vai se multiplicando feito coelho.

Ela é uma planta trepadeira, cuja origem não poderia ser mais tropical: vem da Polinésia Francesa, um arquipélago situado no oceano Pacífico. Por isso, ela se deu super bem no nosso clima brasileiro e hoje, é muito difícil que alguém não conheça essa planta, mesmo não sabendo como ela se chama.

jiboia na decoração

Suas folhas têm manchinhas amarelas, o que torna a jiboia uma bela planta ornamental. Mas cuidado! Assim como a planta anterior, a Costela de Adão, a jiboia também é tóxica e deve ser mantida longe de crianças e animais domésticos.

Ela é ideal pra apartamentos, porque é uma planta de meia luz, ou seja, ela não precisa receber sol diretamente, só precisa que o ambiente tenha bastante luz natural. Se dá bem na sombra também, mas suas folhas vão apresentar um verde mais escuro e talvez ela não cresça tanto.

jiboia na decoraçãoImagens: 12

Ela gosta de calor e de água, então o ideal é que você regue mais no verão e menos no inverno, quando as plantinhas entram numa espécie de hibernação. No verão, pode regar 3 vezes por semana, se estiver muito quente; no inverno, de 1 a 2 vezes por semana.

COMO FAZER MUDAS DE JIBOIA

Se tem uma planta que é fácil de fazer mudinhas, essa planta é a jiboia. Antes de mais nada, é interessante saber que o processo que você vai fazer se chama estaquia, ou seja, você vai estimular que uma parte da planta (cujo termo técnico é estaca) crie novas raízes, para poder plantá-la em outro local.

Para fazer uma muda de jiboia, você precisa cortar um pedaço da sua planta que esteja em desenvolvimento e que possua raízes aparentes. A ponta dos galhos é a melhor parte para fazer a estaquia.

Faça um corte em diagonal no caule da sua jiboia e você terá um pedaço solto da planta; é ele que você vai usar para fazer a muda. A partir daqui, você tem dois caminhos: usar terra ou água.

Imagem: Dica Virtual Plantas

Se optar pela terra, deixe esse galho solto secando por 24 horas e, então, coloque-o num novo vaso com terra. Enfie o galho de maneira que as raízes fiquem enterradas e regue. Em alguns dias, a muda vai pegar e a planta vai passar a crescer.

Há quem prefira fazer isso usando água; dizem até que ela cresce mais rápido assim. Assim que você cortar o galho da jiboia-mãe, coloque-o num vaso com água limpa. Não precisa ser muita água, só o suficiente para cobrir as raízes. O legal desse método é que você conseguir acompanhar, dia após dia, o surgimento das novas raízes, que nascem bem branquinhas. Quando a muda estiver cheia de novas raízes, está na hora de transplantar para um vaso com terra.

Imagens: 12

Salve ou pine a ficha técnica da jiboia pra consultar quando precisar:

jiboia na decoração

Agora que você já conhece um pouco mais sobre essa planta, vamos ver como ela pode ser a estrela da sua decoração.

COMO USAR JIBOIA NA DECORAÇÃO

Se tem uma planta que dá certo na decoração, é ela. Como é uma planta trepadeira, quando cultivada em vasos, ela pendura seus galhos e e isso cria um efeito muito bonito se o vaso for colocado em lugares altos, como estantes e prateleiras.

jiboia na decoração

jiboia na decoraçãoImagens: 12

E ela fica linda pendurada! Como gosta de umidade, é perfeita pra você cultivar no banheiro, por exemplo. Só se certifique de que o ambiente é bem iluminado que ela vai se desenvolver bastante.

jiboia na decoraçãoImagem: Limão Nágua

Além de ser uma planta bonita e fácil de cuidar, ela também é excelente para purificar o ar. A jiboia tem a capacidade de remover resíduos tóxicos do ar, como formaldeídos e benzeno, e não é crendice popular, não. Ela é uma das poucas espécies recomendadas pela NASA para termos dentro de casa com essa finalidade.

Jiboia e hangers: a perfeição! Os hangers, esses suportes pra plantas suspensos feitos de fios, estão super na moda e são ótimos para apoiar plantas como ela, que penduram seus ramos.

jiboia na decoraçãoImagem: Casa Vogue

O tamanho dela vai depender do vaso onde está plantada. Se tiver pouco espaço, obviamente ela não vai crescer muito; se for um vaso maior, ela enche bastante e pendura.

jiboia na decoraçãoImagem: While Home

Mas também é possível cultivar como vaso de mesa; para isso, é interessante podar a cada 5 ou 6 meses para que ela mantenha o formato e seus galhos não pendurem.

jiboia na decoração

jiboia na decoraçãoImagens: 12

Eu, particularmente, acho lindo deixar a jiboia em prateleiras com seus galhos suspensos. A “cascata” que eles formam traz um aspecto reconfortante à decoração; leva a natureza para dentro de casa, e o que é melhor, sem precisar de tantos cuidados específicos.

jiboia na decoraçãoImagem: Casa de Firulas

Então, se fosse pra “determinar” um modo de uso para ela, eu diria pra deixar a jiboia mais pra cima, usando no alto de algum móvel, e outras espécies embaixo. Assim, você cria uma mini selva dentro de casa, brincando com as alturas, formatos e cores das plantas e não deixa nenhum canto sem um verdinho. E dessa forma, você deixa a planta fora do alcance dos seus bichinhos – lembre-se, eles não podem ingerir nenhuma parte dela!

jiboia na decoraçãoImagem: Casa Vogue

Viu como a jiboia é excelente pra ter em casa? Se você tem uma, conte aqui nos comentários o que acha dela!


Tem mais Simplichique aqui:

Compartilhe: